O que é meditação: confira mais sobre essa técnica milenar

O que é meditação: saiba tudo sobre esse forma de relaxamento!
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email

Assine nossa Newsletter e receba conteúdos exclusivos TAO BAMBU!

Segundo um estudo realizado pela Isma-BR (Associação Internacional de Gerenciamento de Estresse Brasil), cerca de 70% da população economicamente ativa do Brasil sofre com o estresse. Tendo em vista esses números, não é difícil imaginar porque as buscas sobre o que é meditação tem aumentado exponencialmente. 

Afinal, essa é uma terapia alternativa que tem ajudado milhares de pessoas ao redor do mundo a encontrar o seu ponto de equilíbrio mental, ajudando não somente contra o estresse, mas diminuindo também problemas como ansiedade e insônia. 

Sabendo disso, aqui neste artigo trouxemos um guia completo explicando o que é meditação e tudo mais que você precisa saber sobre o tema. 

Desse modo, vai ficar muito mais fácil viver com qualidade e maior equilíbrio emocional. Ficou curioso para saber mais? Então, continue acompanhando e descubra tudo! Boa leitura!

O que é meditação?

Do latim, “meditar” deriva de “meditatum”, que, em tradução livre, significa ponderar. No entanto, o estudo de morfologia do termo também indica que a palavra tem derivação de
“meditare”, significando “estar em seu centro” ou “voltar para o seu centro”. 

Na prática, a meditação funciona exatamente desse jeito. Ela se trata de uma técnica que busca o equilíbrio entre corpo e mente, trabalhando ambos em conjunto. 

Desse modo, podemos dizer que essa prática é benéfica de forma física e psicológica, tendo em vista que suas vantagens vão desde melhora na respiração até controle emocional.

Ao contrário do que muitos pensam, a meditação não tem relação com nenhuma vertente religiosa. 

Ela é, de fato, usada como um instrumento de conexão espiritual em algumas crenças, porém, pode ser praticada por qualquer pessoa que deseja melhorar a si mesma. Para iniciá-la, basta entender de fato o que é meditação e colocar a teoria em prática. 

Quais os tipos de meditação?

Mesmo se tratando de uma técnica milenar, é possível dizer que a meditação evoluiu com o passar dos anos. 

Dessa forma, hoje a prática já possui diversas vertentes e tipos, os quais podemos direcionar para qualquer rotina. Entre os principais, podemos destacar:

Meditação guiada

Nesse formato há um mestre que sabe o que é meditação e conhece profundamente a técnica e um praticante. Em resumo, o mestre cria caminhos para que o praticante prossiga, indicando pensamentos, ideias e mantras para serem repetidos.

Essa abordagem pode ser realizada tanto de forma presencial com o mestre quanto com áudios do YouTube, por exemplo.

Mindfulness

Conhecido como uma adaptação das técnicas budistas, o mindfulness busca atenção completa no presente. 

Ou seja, para praticá-lo é preciso esquecer o passado e focar em tudo que está acontecendo naquele momento, desde os músculos do corpo até sua respiração.

O estágio mais profundo dessa vertente é quando o praticante consegue esvaziar sua mente por inteiro, ficando inteiramente entregue aos sentimentos e a leveza da prática.

Meditação com mantras

Os mantras estão associados a diversas técnicas de meditação, entre elas a Transcendental, a Taoísta e a Vipassana. 

Nesse formato o praticante faz uso de diferentes frases para promover a concentração e a limpeza espiritual, liberando as energias ruins e renovando-se durante a prática. 

Quais são os benefícios da meditação?

Depois de descobrir o que é meditação, com toda a certeza você já conseguiu perceber que essa técnica é extremamente benéfica por diversos motivos. 

Afinal, com ela conseguimos melhorar nosso estado físico e emocional. O que é essencial para enfrentar a correria do dia a dia e para viver com mais leveza. 

No entanto, as vantagens que essa prática traz vão muito além do superficial. Não é difícil encontrarmos pessoas que tiveram suas vidas, de fato, transformadas depois de iniciarem sua jornada dentro da prática. 

Portanto, vale conhecer mais os benefícios da técnica. Entre os principais, destacamos:

  • Redução de estresse;
  • Diminuição de sentimentos depressivos;
  • Controle da ansiedade; 
  • Redução de problemas com autoestima, aumentando o autoconhecimento;
  • Aumento do foco no trabalho e nas atividades pessoais;
  • Redução dos problemas de memória;
  • Aumento da resistência contra vícios, atuando no controle psicológico. 

No entanto, é sempre importante ressaltar que a meditação é uma técnica complementar e que não substitui tratamentos médicos tanto físicos quanto psicológicos. 

Assim, caso algum dos sintomas acima não diminua com a prática é essencial procurar um especialista no assunto para auxiliar com a questão. 

Como iniciar na meditação de forma correta?

Sabendo o que é meditação e seus benefícios, com toda a certeza você já está ansioso para iniciar sua trajetória dentro da prática. 

No entanto, é preciso saber que essa é uma técnica processual, na qual os resultados não são o principal foco, e sim o caminho até eles. 

Sendo assim, a ansiedade durante o processo não é saudável, tendo em vista que o mais importante é respeitar seu próprio tempo e suas vontades.

Sabendo disso, acompanhe algumas dicas para iniciar na meditação de forma saudável e, automaticamente, começar a usufruir de seus benefícios o quanto antes!

Entenda o seu tipo de meditação

Como você pode ver acima, entender apenas o que é meditação não basta para iniciar dentro da prática. Afinal, dentro dela existem diversos caminhos que podem ser seguidos, cada um guiando para um objetivo e resultado diferente. 

Sendo assim, antes de iniciar é super importante entender o que você deseja com a prática e, a partir disso, descobrir qual vertente é mais indicada para você. 

Desse modo, ficará muito mais fácil sentir as mudanças, tendo em vista que se está trabalhando diretamente em suas principais carências físicas e emocionais. 

Aproveite o processo

Como citamos anteriormente, praticar meditação não envolve apenas um resultado final e sim todo o caminho percorrido até alcançá-lo. 

Por esse motivo, é essencial respeitar seus próprios limites e aproveitar a jornada sem ansiedade.

Quando nos focamos muito em único objetivo tendemos a nos frustrar. Em outros casos, até mesmo desistir caso não consigamos alcançá-lo de primeira. 

Portanto, é muito importante manter-se atento ao seu próprio processo e acompanhar cada passo como uma vitória, sem colocar um destino final. Aproveite a viagem! 

Olhe mais para si mesmo 

Tendo em vista que a meditação não é um processo com resultados fixos, a melhor dica para quem é iniciante é praticar o autoconhecimento. Isso porque somente dessa forma será possível identificar se a prática proporciona benefícios para seu corpo e mente.

No entanto, é preciso sempre ter em mente que não há uma fórmula mágica para conhecer a si mesmo. 

Cada pessoa tem seus próprios processos e seu próprio tempo, o que significa que é preciso entender a si mesmo e, somente a partir disso, identificar os efeitos da meditação. 

E aí, conseguiu tirar suas dúvidas sobre o que é meditação? Está pronto para iniciar a sua caminhada dentro desse processo? 

Se sim, continue acompanhando o nosso blog e descubra ainda mais conteúdos cheios de dicas que vão te ajudar a viver melhor e com mais qualidade!

Assine nossa Newsletter e receba conteúdos exclusivos TAO BAMBU!

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email