O guia completo para você decorar casa nova em 2021

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email

Assine nossa Newsletter e receba conteúdos exclusivos TAO BAMBU!

Mudar e decorar casa nova gera sempre muitas expectativas e boas energias. Isso porque, como o próprio nome diz, mudança significa recomeços e transformações para uma vida ainda melhor. A casa nova representa o espaço de sua conquista, em que você dedicará tempo, descansará, viverá emoções e momentos inesquecíveis. 

Por isso, para que seu novo lar possa se tornar o ambiente dos seus sonhos, é preciso que seja aconchegante, organizado e acolhedor. Assim, uma boa decoração pode agregar muito estilo e personalidade. E como fazer tudo isso?

Decorar casa nova é tarefa muito prazerosa e que exige planejamento, criatividade e muito bom gosto. Pareceu desafiador? Saiba que você não precisa passar por esse processo sozinho. Pensando em todos os aspectos que contemplam esse assunto, preparamos um guia incrível para te ajudar.

Não vê a hora de ver o seu cantinho do jeito que sempre quis? Esse guia foi feito especialmente para você. Nele, você encontrará dicas práticas de como decorar sua casa nova. 

Importância de uma boa decoração 

Você já ouviu falar que a casa reflete muito o seu interior? Então, já deve ter percebido que a decoração, especialmente de um ambiente novo, representa muito de você. 

A princípio, muitas pessoas até pensavam que para decorar uma casa, era preciso investir muito dinheiro e acabavam deixando de realizar o que muitas vezes era um sonho. 

Porém, atualmente já existe a compreensão da importância de um espaço bem cuidado, que reúna estilo, personalidade e movimento, que contribuam para uma casa elegante e funcional.

Além disso, espaços bem decorados proporcionam conforto e melhor aproveitamento  do ambiente.  Para ter uma melhor visão sobre a importância de uma boa decoração, trouxemos alguns dos seus principais benefícios. 

Otimiza o espaço

Um espaço bem usado e aproveitado, além de ter mais funcionalidade, contribui para o ganho de qualidade de vida.

Isso porque, uma decoração quando bem planejada, tanto em mobília quanto em  itens decorativos, proporciona a quem está nela um ambiente mais aconchegante e com sensação de amplitude.

Assim, optar por uma decoração que valorize o espaço, diz respeito às escolhas que você irá fazer, como:

  • móveis adequados ao tamanho do espaço: 
  • uso de objetos que favoreça a amplitude (espelhos)
  • uso de cores;
  • integração de ambientes, etc;

Dessa forma, uma boa decoração contribui para que o ambiente esteja mais harmonizado, pois sua organização, tendo em vista todos os elementos que o compõe usados de maneira estratégica, favorecem a otimização do espaço.

Proporciona organização e praticidade

Ter uma boa decoração significa também um ambiente mais organizado e prático, pois proporciona maior ordem e tudo pode ser armazenado da melhor forma possível.

Por isso, é importante investir em itens que possibilitem visualmente um ambiente mais organizado, isso porque, certamente terá melhor acesso e praticidade no desenvolvimento de tudo que o compõe.

Influencia na harmonia

A decoração proporciona visualmente melhor harmonia, pois um ambiente mais organizado favorece o equilíbrio entre todos os elementos presentes. 

Por isso, é preciso organizar com muito cuidado toda decoração e mobília para que a estética seja privilegiada e torne-se mais harmoniosa. 

Reduz o estresse

Um ambiente bem organizado e decorado, proporciona à mente uma melhor organização de pensamento e logo também, possibilita a redução do estresse.

Isso porque, pensando na possibilidade de um que um ambiente esteja esteticamente bagunçado ou mal decorado, a dificuldade para organizá-lo, bem como para encontrar objetos, é muito maior e gera estresse. 

Logo, é preciso usar de estratégias para que isso aconteça, além de apostar em decorações que sejam mais alegres e aconchegantes. Entre elas, podemos citar:

  • cultivo de plantas: as plantas, comprovadamente ter efeito terapêutico, pois ajudam a alegrar e decorar o ambiente;
  • uso adequado de cores: as cores têm muita influência no humor, dependendo de como são usadas; 
  • cautela no uso de estampas: as estampas alegram o ambiente, porém, a depender do uso, cansaço visual e acabar provocando cansaço mental.

Como pode ser percebido, a forma que são usadas, as cores, estampas, móveis  e decoração em geral, emitem forte influência no estresse e saúde mental. 

Por isso, é importante que o ambiente esteja sempre a seu gosto, decorado de forma que possa ser prazeroso estar nos espaços do seu lar 

Tipos de decoração

Carefree female with Afro hairstyle holds paint tools, refurbishes walls in house, dressed in yellow sweater, has house repairing according to design sketch. Home renovation and improvement.

Os tipos de decoração estão relacionados às afinidades de cada pessoa. Algumas discretas, outras mais modernas, mas com suas próprias características. 

Para conhecer melhor um pouco delas, separamos aquelas de maior destaque para que você encontre aquela que mais se identifica.

Clássica

Conhecida como aquela que nunca sai  de moda, a decoração clássica é tradicional e envolve sofisticação, pois envolve características do século passado com ajustes da modernidade. 

Com estilo atemporal, a decoração clássica continua sendo muito apreciada e ganhando destaque nos espaços. As mobílias clássicas geralmente apresentam características mais tradicionais e rústicas e com estilo atemporal.

Normalmente, o estilo clássico sempre está em alta e nunca sai de moda. Apresenta bastantes detalhes e podemos aplicar em qualquer ambiente do seu lar. São peças que encantam pela elegância e sofisticação. 

Moderna

As decorações mais modernas, normalmente estão mais direcionadas ao estilo e praticidade, pois trazem consigo. Além disso, agregam também muita funcionalidade em seus objetos. Normalmente, utilizam materiais mais naturais, com cores neutras, sem muito exageros, buscando sempre ser o mais funcional.

Rústica

Se você ama a natureza, esse é o tipo de decoração ideal para você. Isso porque a decoração rústica, tem como principal característica a adoção de elementos naturais em sua composição.

As peças rústicas são marcadas por aproximar as pessoas do que é natural, ou seja, elementos que transmitam o contato com a natureza, inseridos nos ambientes caseiros.

Alguns elementos naturais, podem compor essas peças, a exemplo o bambu, que possibilita a fabricação de diversos produtos de decoração, que além de deixar sua casa um charme, são 100% biodegradáveis, pois apresentam uma proposta incrível de sustentabilidade. 

Optar por uma decoração nesse estilo, é uma escolha consciente e de muito bom gosto. 

Retrô

O estilo retrô traz como sua principal característica as releituras de peças antigas que foram bem aceitas no passado. Geralmente são peças que marcaram muito e que surgem em épocas mais atuais como inspiração a novas peças, trazendo beleza e estilo ao seu lar.

Assim, normalmente as pessoas resgatam peças que combinam muito com sua personalidade, proporcionando ambientes, personalizados, modernos e incrementados. 

Aspectos importantes na decoração

Happy asian young woman unpacking box and reading the instructions to assemble new furniture decorate house build table with carton box in living room at home.

No processo de decoração, é preciso levar em consideração alguns aspectos que irão influenciar no equilíbrio do espaço. Isso porque, em todo projeto de decoração deve estar contido em seu planejamento a definição de cada elemento que constituirá o ambiente.

Dessa forma, a percepção de um ambiente bem estruturado e organizado, se dá a partir de um conjunto de fatores que em equilíbrio favorecem toda a harmonização do espaço. Por isso, trouxemos os principais elementos de destaque, com suas principais características:

Iluminação

A iluminação é um dos elementos mais importantes de um espaço. Dependendo de como ela  é usada, pode valorizar ou prejudicar o ambiente.

Ou seja, toda iluminação precisa ser analisada, seja pela lâmpada, cores das luzes, tipos de luminárias, etc.

Assim, todo o projeto de iluminação deve estar compatível com a estrutura arquitetônica do espaço, para que assim possa ser avaliado as possibilidades dos níveis de luz, bem como suas funcionalidades.

Cada cômodo da casa, irá apresentar uma necessidade conforme o seu valor funcional, por exemplo:

  • quartos: as luzes precisam ser sem excesso e que valorizem o descanso pessoal;
  • cozinha: iluminação com maior precisão e que não cause sombras durante o preparo das refeições;
  • sala: luzes mais vivas que proporcionem mais alegria e valorizem o espaço.

Outro ponto importante a ser considerado em relação à iluminação, são as cores de escolhidas, pois influenciam diretamente na saúde das pessoas que ali moram.

A cor da luz, quando bem escolhida, proporciona bem-estar a quem a utiliza, e independentemente da escolha, não influenciam nos gastos, mas sim a sua potência. Geralmente aquelas que são mais utilizadas são as amarelas e brancas, compatíveis com cada cômodo:

  • amarelas: são utilizadas em quartos e salas, por ser uma luz que promove o descanso;
  • brancas: normalmente usadas em ambientes de cozinha, salas de estudo ou espaços de trabalho.

Diante disso, os cômodos precisam ter iluminações diferenciadas que não prejudiquem as atividades desenvolvidas em cada um deles.

Cores

As cores falam muito do que somos, pois expressam os sentimentos e, se bem usadas na decoração de uma casa, contribuem para revitalização dos cômodos.

Assim, para compreender a influência das cores na decoração é necessário entender de que forma elas impactam em nosso psicológico.

Isso porque cada cor representa algum tipo de sentimento e tem um tipo de atuação em nosso cérebro. A seguir, mostraremos a influência que cada cor pode trazer à decoração:

  • azul: cor calmante que proporciona a sensação de longitude e consequentemente trazer a visão de amplitude ao ambiente;
  • verde: transmite calma e bem-estar, e está relacionada à natureza, geralmente utilizada em ambientes que proporcionem lazer;
  • amarelo: cor forte que transmite confiança e otimismo, porém deve ser usada com cuidado, para não trazer sentimentos adversos como a ansiedade;
  • cinza: é uma cor mais neutra que transmite um efeito de sofisticação e modernidade no ambiente;
  • vermelho: é uma cor quente, normalmente utilizada em ambientes utilizados para realizar as refeições, pois é considerada estimulante.

Uma dica: para harmonizar o ambiente entre as cores e elementos decorativos, é interessante investir em tapetes, vasos, quadros, que favorecem seu espaço. O equilíbrio traz o ponto certo para cada coisa. 

Mobília

O primeiro passo ideal para o uso das mobílias para decoração da sua casa nova, é ter um planejamento definido, com todas as medidas dos cômodos.

Com esse olhar, é possível entender quais tipos de móveis você pode trazer para seu lar. Afinal, seria muito desagradável, optar por móveis que estivessem incompatíveis com o tamanho de cada cômodo.

Assim, esse planejamento serve também para o ganho e valorização do seu espaço. Com a medição dos móveis é possível estabelecer um padrão de tamanho para cada cantinho seu e que deixe sua casa mais confortável e aconchegante.

Por isso, é importante levar sempre em consideração questões relacionadas à proporção e espaço. Isso fará com que suas escolhas proporcionem ao seu ambiente, um equilíbrio harmonioso entre móveis e objetos decorativos.

Sendo assim, existem aqueles móveis essenciais que não podem faltar no conjunto de mobílias de sua casa nova, específicos para cada ambiente. Assim, trouxemos alguns exemplos:

  • sala: sofá, painel de tv, cristaleira, aparador, mesa de centro, etc;
  • quarto: cama, guarda roupa, criado-mudo, estante, escrivaninha, poltrona, etc.
  • cozinha: armário, estantes, prateleiras.

Dessa forma, é preciso conhecer aqueles móveis que mais valorizam os ambientes da sua casa, para que estejam proporcionais ao seu espaço.

Objetos decorativos

A escolha de objetos decorativos, pode gerar dificuldades no processo de definição e organização de cada espaço em sua casa nova. 

Assim, algo interessante que para adotar é a busca por inspirações. Em outras palavras, buscar modelos de organização e uso de objetos decorativos que mais se aproximem com seu gosto. 

Um recurso muito válido para buscar essas inspirações são revistas específicas, ou sites que trabalham nessa área, em busca de tendências mais utilizadas, ou mesmo buscando aspectos relacionados à dinâmica do ambiente.

Decoração para cada ambiente

Planejar e definir toda a decoração de um ambiente é uma tarefa muito prazerosa, ainda mais quando trata-se de mudança para uma casa nova, afinal, você está adequando o seu ambiente ao seu gosto e personalidade.

Assim, apesar de ser um processo bem detalhista, que dependendo do perfeccionismo de cada um, pode demorar mais ou menos tempo, seguindo algumas dicas de decoração simples, é possível unir alguns aspectos importantes:

  • funcionalidade;
  • praticidade;
  • estilo;
  • elegância;
  • conforto.

A seguir, trouxemos algumas dicas simples e práticas para que você possa visualizar melhor cada ambiente e conhecer algumas possibilidades de decoração conforme cada um.

Sala de estar

O primeiro passo para a decoração de uma sala é conhecer suas medidas e suas questões arquitetônicas, ou seja, saber mais ou menos quais os tipos de móveis e qual tamanho é mais proporcional.

Com o objetivo de permitir uma melhor continuidade visual, estabelecer uma cor padrão e a partir disso compor o restante da decoração.

Conforme a funcionalidade do seu ambiente é preciso considerar algumas questões como:

  • para que o ambiente estará sendo preparado?
  • o ambiente é frequentado constantemente por moradores e visitas?
  • de que forma as pessoas utilizam esse ambiente?

A partir dessas questões é possível definir aspectos importantes, como:

  • tamanho do sofá;
  • necessidade de cadeiras e puffs;
  • uso de mesa de centro.

Outro aspecto importante é averiguar o que pode ser reciclado e reaproveitado. Por exemplo, se você tem um sofá e quer se desfazer dele, é preciso definir se realmente precisa se desfazer dele, ou inovar.

Muitas das vezes, com pouco gasto é possível ter um móvel novo, do jeito que você quer, se permitir a criação e reinvenção de peças, que além de serem com um custo mais acessível, podem tornar o ambiente mais do seu jeito. 

Uma padronização dos móveis, sem muitos exageros, também fazem muita diferença no resultado

Sala de jantar

Antes de iniciar a decoração é preciso perguntar a funcionalidade daquele espaço. Alguns itens podem ser destacados:

  • o uso da mesa de jantar e quantidade de cadeiras: é preciso ter a visão da quantidade de pessoas em sua casa e se você recebe muitas pessoas para jantar. Além disso, não esquecer que o tamanho deve ser proporcional ao seu ambiente;
  • tapete: dependendo do tamanho do ambiente, o formato do tapete pode variar para valorizar o ambiente;
  • espelhos: os espelhos são sempre bem vindos na maioria dos espaços;
  • cristaleiras: as prateleiras proporcionam praticidade e organização para guardar taças e demais acessórios.

Quarto

No quarto, você deve prezar pelo seu descanso e bem-estar, evitando poluições visuais, pois afetam diretamente em sua mente. Optar por camas confortáveis, colchas e lençóis sempre trocados, e decoração equilibrada já é um bom início. 

Assim, os exageros no quarto, não combinam muito bem. Opte sempre por paredes com cores neutras, luzes que proporcionem maior descanso, guarda-roupa que tragam maior praticidade na organização, etc.

Cozinha

Uma das coisas mais importantes na cozinha, são os armários para guardar os utensílios, pois estes proporcionam organização.

O uso de geladeiras e fogões deve ser proporcional ao tamanho do ambiente. Lembre-se que trata-se de um espaço em que exige a movimentação, com maior incidência de calor. Então, quanto mais proporcional for a decoração ao espaço, mais agradável será o ambiente.

Tendências de decoração

Com o contexto da pandemia que alterou a rotina do mundo inteiro, que influenciou também nas tendências de decoração para o ano de 2021, sempre visando questões funcionais e o conforto.

Entre elementos que fazem parte desse cenário de tendência, podemos destacar:

  • o uso de espelhos;
  • quadros;
  • lettering em parede;
  • luminárias;
  • vasos;
  • artesanato.

Sustentabilidade

Essa é uma das tendências do momento, que tem ganhado muito espaço na decoração de ambientes. Uma decoração sustentável, significa dizer que você pode decorar um espaço, reduzindo os impactos ao meio ambiente. 

Assim, o uso de produtos ecológicos e materiais sustentáveis, oferecem elegância e muito bom gosto. O bambu, por exemplo, é considerado um material essencial, quando se fala de sustentabilidade.

Por reter níveis mais altos de carbono , contribuem muito para o meio ambiente, além de terem muita resistência e preços acessíveis.

Existem muitos produtos que podem ser comprados em bambu. Buscar fornecedores que trabalhem visando a sustentabilidade também seria um caminho excelente.

Minimalismo

O estilo minimalista remete a uma composição mais contemporânea, com paredes mais neutras e poucos móveis. Pessoas que optam por esse estilo, preferem mobílias sem excesso e deixam de lado tudo que consideram desnecessário.

Investem no conforto e praticidade, para um bom descanso. Assim, apresentam algumas características específicas em decoração:

  • parede: adoção de tons claros que ajudam na iluminação e fazem com que o ambiente pareça maior;
  • quadros: usam esses objetos para incrementar o espaço discretamente, porém em preto e branco, ou cores neutras e tons pastéis;
  • luminárias: uso de lâmpadas em led e sem serem muito rebuscadas para a valorização da estética;
  • invista em espelhos: os espelhos proporcionam a sensação de amplitude nos ambientes.

Espelhos geométricos

Os espelhos geométricos, especialmente no ano de 2021 em relação à decoração, são itens de tendência. Além de servirem para a ornamentação, trazem alguns benefícios na decoração, como: 

  • amplitude;
  • refinam e a decoração;
  • o ambiente torna-se mais bonito;
  • contribuem para uma melhor iluminação.

Os espelhos como itens decorativos, tornam também o ambiente mais agradável e receptivo.

Luminárias pendentes

As luminárias pendentes são uma das maiores tendências do momento. Normalmente eram utilizadas em ambientes como sala de jantar, mas ultimamente não há restrição para seu uso, todo espaço pode ser usado.

Suas principais características são a contribuição para iluminação e também por apresentarem um design bonito e elegante, e dão muita vida e elegância e vida ao ambiente.

Algumas dicas para adotar durante a escolha de luminárias pendentes, como:

  • atente-se à altura: dependendo do espaço que você escolher para usar, é preciso ter cautela com sua funcionalidade, ou seja, é muito importante ter planejado e medido o espaço em que serão colocadas;
  • tamanho: o tamanho das luminárias pendentes precisam ser proporcionais ao seu ambiente, vendo as possibilidades de composição;
  • iluminação: definir o tipo de iluminação e as cores de acordo com o espaço escolhido, nunca esquecendo da dinâmica com as paredes, para valorizar ainda mais o ambiente.

Essas são uma das principais dicas de tendência de decoração de casa para 2021. Sempre busque aquelas que você mais se identifica e também nunca exagere na composição de itens decorativos ou mobília. Use sempre o bom senso, o bom gosto e preze sempre pelo seu conforto, descanso e saúde mental.

Decoração gastando pouco e suas possibilidades

Happy asian young attractive couple man and woman sit on couch use tablet shopping online furniture decorate home in the living room at new house. Young married moving home shopper online concept.

A decoração, como falado anteriormente, normalmente tende a fazer com que se pense que tudo trará muitos gastos. No entanto, existem alternativas que podem facilitar esse processo, que gaste pouco e ainda ofereça um ambiente bonito, aconchegante e de muito bom gosto. 

Para que isso aconteça, é preciso ter um bom planejamento, boas ideias e muita criatividade.  Assim, trouxemos algumas dicas pertinentes a esse assunto e com algumas alternativas:

  • investir em acessórios como: almofadas, quadros, tapetes, prateleiras, espelhos, etc;
  • investir  na iluminação;
  • reciclagem de móveis;
  • visitar brechós;
  • optar por móveis que tenham praticidade e funções variadas;
  • usar papéis de parede;
  • usar a criatividade para decorar com técnicas de DIY.

Seguindo algumas dessas dicas ou mesmo aproveitar habilidades que você tenha durante a decoração de casa ajuda muito a transformar seu lar, sem gastar muito.

Ter uma casa nova bem decorada, não significa que só quem tem dinheiro pode ter. Isso porque, como foi possível observar no decorrer do nosso guia, com um bom planejamento, criatividade e bom gosto, é completamente realizável alcançar um ambiente do jeitinho que você quer e sem gastar muito. 

E aí, gostou desse conteúdo? Então, compartilhe esse material em suas redes sociais para que mais pessoas possam decorar sem precisar gastar muito. 

Assine nossa Newsletter e receba conteúdos exclusivos TAO BAMBU!

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email